pensador.info www.emagrecerdevez.com

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

FELIX PACHECO



José Félix Alves Pacheco ingressou na política elegendo-se, Deputado Federal e senador. Foi Ministro das Relações Exteriores. Poeta de estilo intermediário entre o parnasianismo e o simbolismo, foi eleito para a Academia Brasileira de Letras, em 1912.
Foi reconhecido tradutor. Traduziu, comentou e estudou a obra de Baudelaire, escritor francês sob o ponto de vista bibliográfico, crítico e literário. Escritor de vasta produção literária. Publicou mais de duzentas obras, além de conferências e discursos.
Em 1913 ingressou na Academia Brasileira de Letras, sendo o primeiro piauiense a ocupar Cadeira na ABL. Ocupou a cadeira 16, cujo patrono é Gregório de Matos, sendo seu segundo ocupante. Mais tarde Ingressou na Academia Piauiense de Letras.
Obras: Chicotadas; Via Crucis; O périplo de Hannon (monografia); Mors-Amor; Luar de amor; Dois egressos de farda (estudo); Poesias; Ignezita; Martha;  Tu, só tu; No limiar do outono; O pendão da taba verde; Lírios brancos; Estos e pausas; Em louvor de Paulo Barreto; A "Canaã" de Graça Aranha; Robres e Cogumelos (sobre José do Patrocínio e os pigmeus da imprensa); Duas charadas bibliográficas; Poesias; A aliança de prata; Descendo a montanha e  A academia e os seus problemas.
Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/F%C3%A9lix_Pacheco

Caros internautas

Caros internautas
"A literatura, como toda a arte, é uma confissão de que a vida não basta" Fernando Pessoa

Importante

Importante
Caso alguém seja autor de algum texto ou imagem contida neste blog, e não tenha sido creditada a sua autoria por meu desconhecimento, agradeço que me contatem imediatamente a fim de serem dados os devidos créditos.

Extrato de amora

De todas as postagens feitas aqui, o extrato de amora é a que é mais vista e mais comentada. Realmente há muitos depoimentos favoráveis ao extrato de amora, portanto, sinta-se a vontade para conhecer um pouco sobre os seus benefícios.
Quantos agoras perdemos esquecendo que o risco pode ser a salvação de muitas alegrias de nossas vidas... O medo que nos impede de sermos ousados agora, também está nos impedindo de vermos a linda pessoa que podemos ser. (Clarice Lispector)