pensador.info www.emagrecerdevez.com

quinta-feira, 11 de julho de 2013

E você, faz parte da lista?

Hoje o programa Ana Maria abordou  um assunto que sempre causa desconforto às vezes para que faz e principalmente, para quem não faz parte da lista de convidados de um evento. 
Ela referiu-se aos convidados de um casamento, mas essa lista é problema em todos os eventos. Quantas vezes nós convidamos uma pessoa apenas por ser parente, colega de trabalho e elas não comparecem ao evento, tiram os lugares de outras pessoas e depois nos arrependemos por não termos convidado outras pessoas no lugar daquelas?
Mas ruim mesmo é para as pessoas que esperam ser convidadas e não são, principalmente quando aqueles colegas chatos chegam com seus comentários maldosos e perguntam-lhe: ”com que roupa tu vais?” “E o presente, já compraste?” Ah, tu não fostes convidada? Pensei que vocês fossem amigos...” 
É claro que todos esses comentários foram feitos apenas para nos deixar mal, porque quem fez já sabia de que todas as respostas para tais perguntas seriam negativas.
E aí o sentimento que momentaneamente nos abate é de negatividade: tristeza, decepção, inutilidade, exclusão... Pois não há nada pior do que você se sentir dispensável, alguém cuja ausência não é notada. Eu já me senti assim muitas vezes, mas sei também que em outras vezes já provoquei o mesmo sentimento nas pessoas que esperavam entrar na minha lista.
Mas uma coisa é certa, quando recebo um convite faço o possível para estar presente no evento e quando a minha participação é impossível por algum compromisso inadiável, eu mando o meu presente com o meu pedido de desculpas antecipadamente porque se o anfitrião quiser convidar alguém para substituir o meu lugar ele tem tempo. 
Porém o certo é que prestigiemos a pessoa que se nos homenageou com o seu convite. Tudo isso me fez lembrar uma música de Osvaldo Montenegro, “A lista” da qual gosto bastante, e é um convite à reflexão. 
(Umbelina) 
)
A Lista 
Oswaldo Montenegro 
Faça uma lista de grandes amigos 
Quem você mais via há dez anos atrás 
Quantos você ainda vê todo dia 
Quantos você já não encontra mais... 

Faça uma lista dos sonhos que tinha 
Quantos você desistiu de sonhar! 
Quantos amores jurados pra sempre 
Quantos você conseguiu preservar... 

Onde você ainda se reconhece 
Na foto passada ou no espelho de agora?
 Hoje é do jeito que achou que seria 
Quantos amigos você jogou fora? 

Quantos mistérios que você sondava 
Quantos você conseguiu entender? 
Quantos segredos que você guardava 
Hoje são bobos ninguém quer saber? 

Quantas mentiras você condenava? 
Quantas você teve que cometer? 
Quantos defeitos sanados com o tempo 
Eram o melhor que havia em você? 

Quantas canções que você não cantava 
Hoje assobia pra sobreviver? 
Quantas pessoas que você amava 
Hoje acredita que amam você? 

Caros internautas

Caros internautas
"A literatura, como toda a arte, é uma confissão de que a vida não basta" Fernando Pessoa

Importante

Importante
Caso alguém seja autor de algum texto ou imagem contida neste blog, e não tenha sido creditada a sua autoria por meu desconhecimento, agradeço que me contatem imediatamente a fim de serem dados os devidos créditos.

Extrato de amora

De todas as postagens feitas aqui, o extrato de amora é a que é mais vista e mais comentada. Realmente há muitos depoimentos favoráveis ao extrato de amora, portanto, sinta-se a vontade para conhecer um pouco sobre os seus benefícios.
Quantos agoras perdemos esquecendo que o risco pode ser a salvação de muitas alegrias de nossas vidas... O medo que nos impede de sermos ousados agora, também está nos impedindo de vermos a linda pessoa que podemos ser. (Clarice Lispector)