pensador.info www.emagrecerdevez.com

domingo, 3 de junho de 2012

Delícia da infância

Na minha infância eu gostava de ficar horas seguidas observando dona Zefinha, uma doceira fina que fazia alfenim e pirulito. Eu adorava ficar olhando-a puxar os pirulitos e alfenins e dava pulos de alegria quando sobrava alguns para nós, a meninada que ficava ao redor da mesa olhando dona Zefinha fazer doces até tarde da noite.
Na manhã seguinte o filho dela saía às ruas com o tabuleiro: _”olha o pirulito! Olha o alfenim!”
Senti saudades da minha infância e saí em busca dos deliciosos doces, encontrei essas receitas que repasso para todos que apreciarem.
Delícias!
  
RECEITAS DE ALFENIM 
INGREDIENTES 
 5 quilos de açúcar 
1 colher (de café) de clara em neve 
1 litro de água 
1 colher de chá de limão

 MODO DE PREPARO 
Calda base: 
Misture bem o açúcar, a água e a clara e leve ao fogo sem mexer. 
Quando começar a ferver retire a espuma para limpar a calda. Acrescente o limão e deixe ferver por mais um minuto, borrife um pouco de água pela superfície da calda, desligue o fogo e reserve. Quando a calda base estiver fria, retire a crosta de açúcar que se formou na sua superfície. 
Em seguida, vá tirando porções de calda aos poucos e levando ao fogo para dar o ponto de moldagem, que se testa na água fria.
Estenda a calda sobre o mármore molhado, espere esfriar uns poucos segundos, solte as bordas com uma espátula como se estivesse trabalhando com chocolate. 
Quando a calda chegar ao ponto de temperatura possível para ser manuseada, ela deverá ser puxada e repuxada (é a fase do puxa-puxa, que antigamente toda criança adorava comer) até o ponto ideal para moldagem. 
A última etapa é a moldagem das figuras, usando goma para refrescar a mão e evitar queimaduras. Nesta fase a imaginação e as "mãos de fada" para moldar é que fazem toda a diferença. 
 
 2ª receita 
 INGREDIENTES 
1 kg de açúcar 
1 colhe (de sopa) de vinagre de vinho branco
 manteiga 

MODO DE PREPARAR 
 Leva-se o açúcar ao lume com 4 dl de água e o vinagre e deixa-se ferver até fazer ponto de bola mole (pérola apertado). 
Deita-se a calda num recipiente de metal untado com manteiga e que se encontra dentro de outro recipiente com água fria. 
O açúcar começa a arrefecer dos lados, razão por que às vezes se torna necessário puxar para dentro esse açúcar com uma faca. 
Assim que o calor permitir, mexe-se no açúcar com as mãos, começa a puxar-se para fora, esticando-o e dando-lhe a forma de uma meada, dobrando-o e voltando a esticá-lo até o açúcar ficar bem elástico, opaco e branco. 
Divide-se a massa em pedaços, cortando-a com uma tesoura, e vai-se trabalhando o alfenim enquanto morno. 
Para conservar os pedaços de alfenim moldáveis (sem arrefecer completamente), mantêm-se na boca do forno ou sob a ação intermitente de um irradiador de calor (elétrico). 
Com o alfenim podem-se então moldar animais, flores, etc., com que se enfeitam artisticamente outros bolos. Também se pode comer como rebuçados. 

 Receita do site: http://www.squidoo.com


Quebra-queixo
Ingredientes
1 prato (fundo) de coco ralado grosso
1 prato (fundo) de açúcar
Caldo de um limão Taiti
3 pratos (fundos) de água
1/2 copo de água

Modo de Preparar
Fazer uma calda com o açúcar, o limão e o três pratos de água. Quando a calda começar amarelar acrescentar o coco ralado e ficar mexendo até atingir a cor marrom característica do doce.
Acrescentar o meio copo de água  ao doce para não endurecer e após 1 minuto tirar do fogo e passar para um pirex
Guardar fora da geladeira

Caros internautas

Caros internautas
"A literatura, como toda a arte, é uma confissão de que a vida não basta" Fernando Pessoa

Importante

Importante
Caso alguém seja autor de algum texto ou imagem contida neste blog, e não tenha sido creditada a sua autoria por meu desconhecimento, agradeço que me contatem imediatamente a fim de serem dados os devidos créditos.

Extrato de amora

De todas as postagens feitas aqui, o extrato de amora é a que é mais vista e mais comentada. Realmente há muitos depoimentos favoráveis ao extrato de amora, portanto, sinta-se a vontade para conhecer um pouco sobre os seus benefícios.
Quantos agoras perdemos esquecendo que o risco pode ser a salvação de muitas alegrias de nossas vidas... O medo que nos impede de sermos ousados agora, também está nos impedindo de vermos a linda pessoa que podemos ser. (Clarice Lispector)