pensador.info www.emagrecerdevez.com

domingo, 13 de maio de 2012

Obrigada por seu acesso


Hoje venho agradecer aos meus distintos visitantes. Tenho recebido um grande número de acessos semanais nesta página simples de assuntos variados, comuns, mas que tem mantido o interesse de muitas pessoas e  algumas postagens tem despertado muitos comentários de agradecimento pelo conteúdo aqui exposto.
 Quero pedir desculpas a todos, pois nem sempre posso responder a todos comentários e emails, por falta de tempo, mas sempre que posso procuro entrar em contato e responder aos visitantes e, também  esclarecer as dúvidas que vocês me encaminham sejam  através de email ou de outra forma de contato. Fico sempre muito feliz quando vocês se identificam e deixam seus endereços, pois, mostram que tem uma identidade.
 Só não costumo responder a algum desaforo, pois a minha formação não me permite ser desrespeitosa com meus semelhantes, por isso, quando há qualquer comentário sem identificação, sem conteúdo e de mau gosto, eu simplesmente não os publico, daí que a quantidade de comentários talvez não seja a que muitas pessoas gostariam de ver.  Não acho que nós devamos publicar qualquer coisa apenas para nos mostrarmos populares, principalmente quando somos feridos por desconhecidos.
 Esses dias recebi um comentário de alguém, que não se identificou, não foi objetiva, clara em seu texto e ainda me ofendeu. Assim como ofendeu a um cidadão florianense,  pessoa respeitada em nosso meio,  gente de bem, mas que eu mesma não tenho nenhum vínculo de amizade ou de familiaridade com ele nem com a sua família. Sei apenas que é uma pessoa que pesquisa, se interessa e conhece a história de sua cidade.
 Nesse caso, particularmente, eu gostaria sim de responder e esclarecer qualquer dúvida, mas infelizmente, nada posso esclarecer, se a pessoa que está tão indignada com o cidadão citado, não procurar me dizer do que se trata tão grave agravo.
 
Senhor(a)  anônimo (a)
O que eu fiz até agora nesta cidade foi um trabalho voluntário de divulgação da história e da cultura e de curiosodade de Floriano, cidade que me acolheu tão bem. Mas mesmo com toda boa intenção e com um objetivo tão claro de divulgar pessoas que fizeram ou fazem a nossa história, tive muitos problemas, pois as pessoas que deveriam ser mais interessadas em mostrar os seus feitos e procurar divulgar os seus familiares ficaram retendo informações, documentos e por isso há tão poucos registros sobre o município, sua cultura, sua arte e sua gente. Foi também por isso que não dei andamento ao projeto do acervo virtual, pois é muito difícil escrever história sem história. Então assim que projeto foi concluído e o site foi publicado em 2005, deixei a tarefa de pesquisa para aqueles que contêm as fontes, os fatos, a história, e hoje, sequer ele é atualizado, pois não apareceu quem desse continuidade ao trabalho que eu iniciei.
Nunca recebi nada de autoridades ou de personalidades registradas no site. Mas recebi alguns agradecimentos de pessoas desconhecidas, por terem encontrado sem querer, seus familiares citados lá. Porém desisti de dar continuidade ao projeto, pois nunca tive ajuda de niniguém nem para pesquisa, nem para digitação e muito menos para a confecção do site, mas mesmo assim, se as pesquisas tivessem sido de alguma forma facilitadas, eu teria continuado por apreciar a história e a cultura e sentir a necessidade de um banco de dados do município. Porém espero que ainda possamos ter alguns livros, sites e outras fontes confiáveis, assinadas pelos historiadores, mestres e doutores da terra. E que esse acervo possa estar disponível e acessível para todos, pois um povo sem história é um povo esquecido.
Portanto senhor anônimo, esclareça-me do que trata o seu texto e eu terei satisfação em prestar-lhe qualquer esclarecimento.
pesquisei sobre a pessoa citada e encontrei uma matéria sobre a mesma no blog http://portaldefloriano.blogspot.com.br/2008/06/jose-luiz-albuquerque-neto.htm.
Uma homenagem escrita por Emília C. Ramos. Eu mesma nunca escrevi sobre o cidadão, mas gostaria de ter escrito se conhecesse a sua história. .

Caros internautas

Caros internautas
"A literatura, como toda a arte, é uma confissão de que a vida não basta" Fernando Pessoa

Importante

Importante
Caso alguém seja autor de algum texto ou imagem contida neste blog, e não tenha sido creditada a sua autoria por meu desconhecimento, agradeço que me contatem imediatamente a fim de serem dados os devidos créditos.

Extrato de amora

De todas as postagens feitas aqui, o extrato de amora é a que é mais vista e mais comentada. Realmente há muitos depoimentos favoráveis ao extrato de amora, portanto, sinta-se a vontade para conhecer um pouco sobre os seus benefícios.
Quantos agoras perdemos esquecendo que o risco pode ser a salvação de muitas alegrias de nossas vidas... O medo que nos impede de sermos ousados agora, também está nos impedindo de vermos a linda pessoa que podemos ser. (Clarice Lispector)