pensador.info www.emagrecerdevez.com

domingo, 5 de dezembro de 2010

Linfedema

Até o nome da enfermidade é esquisito e causa espanto LINFEDEMA.
É uma doença rara, é o que todos os médicos falam, mas pelo visto não tão rara assim.  É uma doença incurável, progressiva e se o enfermo não tiver cuidads extremos com os pés, pode até perdê-los.
Quando eu comecei a ter inchaço em meus pés pensei que fosse apenas circulação, depois foi piorando e eu procurei um angologista aí tive o diagnóstico de que tinha linfedema (um grave problema na circulação linfática). No  inicio pensei que usando as meias elásticas e fazendo as aplicações diárias acompanhadas das massagens fosse resolver, mas não resolveu.
É claro que você não pode se entregar e deixar a doença tomar conta de você (coisa que já fiz algumas vezes) porque a tendência é piorar, mas não pense que vai ficar curado, isso não vai, eu que o diga, meus alunos olham para mim e comentam baixinho "é elefantíase?". Eu rio comigo mesma e quando estou a fim explico, outras vezes deixo que pensem o que quiserem, não vai fazer diferença mesmo.
Aprendi com o tempo a conviver com a dor contínua (desde a hora que acordo até a hora que adormeço), aceitei a fogueira eterna queimando e fazendo arder as minhas pernas (antigamente era uma só, de uns tempos para cá, a outra começou imitar a irmã hehehe...) e não tenho complexo nenhum, é tanto que uso vestido curto, bermuda e quem quiser olhar e achar feio que o faça, pois ninguém é feio ou doente porque quer. 
Admito a minha deficiência e não me aproveito dela para tirar vantagens em filas ou no trabalho, pelo contrário, trabalho de segunda a sábado manhã, tarde e noite, sem falar no trabalho doméstico dos fins de semana que a minha secretária tem folga.
O que me chateia muito é não encontrar calçados que me caibam - os fabricantes nunca pensam em pessoas deficientes - por isso quando encontro algum calçado que entra em  meus pés compro dois ou três pares iguais, às vezes até da mesma cor quando não tem outra.
Semana passada fui a uma loja de calçados e comecei a olhar a vitrine quando a atendente chegou e me perguntou se eu queria algo especial. Respondi que sim e muito mas lá não havia. É claro que ela não entendeu a minha resposta e precisei mostrar meus gordinhos pés para ela entender. Agora o que às vezes me diverte é a cara das pessoas quando eu mostro meus pés e eles ficam sem saber o que me dizer, eu acho engraçado é o preconceito delas contra a minha falta de complexo.

Caros internautas

Caros internautas
"A literatura, como toda a arte, é uma confissão de que a vida não basta" Fernando Pessoa

Importante

Importante
Caso alguém seja autor de algum texto ou imagem contida neste blog, e não tenha sido creditada a sua autoria por meu desconhecimento, agradeço que me contatem imediatamente a fim de serem dados os devidos créditos.

Extrato de amora

De todas as postagens feitas aqui, o extrato de amora é a que é mais vista e mais comentada. Realmente há muitos depoimentos favoráveis ao extrato de amora, portanto, sinta-se a vontade para conhecer um pouco sobre os seus benefícios.
Quantos agoras perdemos esquecendo que o risco pode ser a salvação de muitas alegrias de nossas vidas... O medo que nos impede de sermos ousados agora, também está nos impedindo de vermos a linda pessoa que podemos ser. (Clarice Lispector)