pensador.info www.emagrecerdevez.com

quarta-feira, 8 de julho de 2009

Imagens da mídia

Acabo de ler as seguintes manchetes:


Mas na mesma página em que se lê tais manchetes, há 3 postagens anunciando blogs eróticos, sexo profissional, strippers... e que stripper!

Há um site dos mais visitados, que mostra 6 postagens de poses eróticas e de manchetes sobre sexo, já vi poses de sexo explicito (entre heterossexuais e homossexuais), e acreditem, não estou falando de sites pornográficos não. Estou me referindo aos sites de notícias mais visitados em nossa região. Certamente não há nada mais provocador do que uma imagem, e estas, temos diversas para escolhermos as que quisermos examinar. O que só se via antigamente em livros ou revistas proibidas, hoje existe em abundância nas páginas da internet, outdoors, revistas, TV, etc. Há não apenas na internet, mas em todos os meios de comunicação uma grande exploração de conteúdo sexual.

Mulheres seminuas ou totalmente nuas nas são mostradas em poses indevidas, mas agora embora com menor intensidade, mas o corpo masculino também está sendo abusado. Temos agora a coleção de objetos completa: homens e mulheres expostos a venda. O produto é de quem der mais no leilão humano (houve uma época em que o leilão era de outro tipo de escravidão, tão abusiva quanto esta, mas na época o escravo não via a cor do metal).

Fala-se de sexo com grande despudor (não que o sexo seja um assunto impuro, mas fala-se dele com muita vulgaridade). Banalizaram o ato sagrado do amor.

Há um tempo atrás eu falei aqui que o que era feio, já não é mais. Pois é, o assunto sexo está banal até nas rodadas infantis. As crianças de 7, 8, 9 anos, hoje brincam de beijar na boca com a maior naturalidade, trocaram as brincadeiras infantis por jogos de sedução. A CULPA É DELAS? Claro que não. Elas são vítimas de uma sociedade desatinada, consumista, materialista e inculta que tem como principal valor o ibope, o lucro fácil.

Fiquei “bege” dia desses quando ouvi uma criança de 4ª série dizer que já “transava”, e ela falava com a maior naturalidade, e por quê ela e as outras colegas acham isso tudo adequado? Simplesmente não há mais limites seja nas famílias, ou na sociedade. Não há mais programas educativos próprios para a formação da criança e do jovem. As novelas que são os programas de maior audiência continuam explorando a violência, a sexualidade, o desrespeito... Há necessidade de cenas tão quentes numa novela? Cenas tão explícitas num horário que se sabe que o público é menor?

E os programas infantis? Quem são os ídolos de hoje? O que pensam? Como agem? O que fazem? Eles estão preparados para ser espelhos? Afinal, todo fã deseja, quer e tenta imitar seus ídolos.
Algo tem que ser feito e já, pois até a inocência - o que havia de mais precioso - já acabou. E acredito piamente que toda propaganda sexual, a exploração do corpo das mulheres que se abrem, se mostram e se vendem em troca de fama e de dinheiro são grandes responsáveis por essa onda de promiscuidade, de sexualidade precoce e grande incentivo para os desvios sexuais assim como a pedofilia. Há que se denunciar os pedófilos, que se tomar providências contra os tarados, estupradores etc., mas também temos que ter um controle sobre o divulgamos e exploramos para que essa erva daninha (tarados, estrupadores, pedófilos...) não se multiplique e provoque um estrago bem maior do que vem provocando. Espero que haja tempo...

Caros internautas

Caros internautas
"A literatura, como toda a arte, é uma confissão de que a vida não basta" Fernando Pessoa

Importante

Importante
Caso alguém seja autor de algum texto ou imagem contida neste blog, e não tenha sido creditada a sua autoria por meu desconhecimento, agradeço que me contatem imediatamente a fim de serem dados os devidos créditos.

Extrato de amora

De todas as postagens feitas aqui, o extrato de amora é a que é mais vista e mais comentada. Realmente há muitos depoimentos favoráveis ao extrato de amora, portanto, sinta-se a vontade para conhecer um pouco sobre os seus benefícios.
Quantos agoras perdemos esquecendo que o risco pode ser a salvação de muitas alegrias de nossas vidas... O medo que nos impede de sermos ousados agora, também está nos impedindo de vermos a linda pessoa que podemos ser. (Clarice Lispector)