pensador.info www.emagrecerdevez.com

sábado, 23 de fevereiro de 2008

Amor


AMOR ABSTRATO

Umbelina M. Gadêlha

De repente sinto-me amando
Um amor ardente, ousado, desenfreado
Um eterno amor escancarado
Um amor eloqüente
Enlouquecida, vivo efusiva paixão
Lasciva, vibrante, aberta, alucinante
Que me sacode, me sucumbe e deixa
irremediavelmente esfuziante
E pasma, percebo que os arroubos
A me devorar por dentro e por fora
Eram falsos assomos, restaram escombros
O amor abstrato feneceu antes da hora.
O abortado amor não vingou
Coração desprezou sem demora
Ironia, o amor pereceu
Antes do raiar da aurora .

Caros internautas

Caros internautas
"A literatura, como toda a arte, é uma confissão de que a vida não basta" Fernando Pessoa

Importante

Importante
Caso alguém seja autor de algum texto ou imagem contida neste blog, e não tenha sido creditada a sua autoria por meu desconhecimento, agradeço que me contatem imediatamente a fim de serem dados os devidos créditos.

Extrato de amora

De todas as postagens feitas aqui, o extrato de amora é a que é mais vista e mais comentada. Realmente há muitos depoimentos favoráveis ao extrato de amora, portanto, sinta-se a vontade para conhecer um pouco sobre os seus benefícios.
Quantos agoras perdemos esquecendo que o risco pode ser a salvação de muitas alegrias de nossas vidas... O medo que nos impede de sermos ousados agora, também está nos impedindo de vermos a linda pessoa que podemos ser. (Clarice Lispector)