quinta-feira, 22 de novembro de 2007

Enlace matrimonial de minha princesa

PALAVRA DA FAMÍLIA

Aqui estamos com nossa família _ eu, meu esposo e os nossos filhos.
Diante do altar de Deus Todo Poderoso, perante a Igreja e toda esta assembléia, trouxemos nossos filhos Dayana e Silvio, que se uniram pelos laços do matrimônio.
Pedimos a Deus que eles sejam abençoados e recebam as graças divinas.
Neste momento há uma grande emoção em nós, e os nossos corações de pais se regozijam.
Sabemos que, a partir de hoje, você querida Dayana, parte em busca da felicidade que escolheu, no casamento, seguindo o caminho de esposa e mãe. Os laços que nos unem, contudo, não se afrouxarão, ficarão mais fortes e mais firmes.
Nosso rosto não se encherá de tristeza nem de saudade por sabermos que você, Dayana, segue em busca de um novo lar; pelo contrário, festejamos na alegria e na satisfação este momento singular, renovando, aqui, diante de Deus, o nosso grande amor de pais que temos por você. Que a felicidade presida todos os momentos de sua união matrimonial. Seja prudente, fiel, amiga e companheira.
E você, Silvio, o recebemos como um novo filho no seio de nossa família. Que o amor que você nutre por nossa filha, Dayana, seja sempre crescente e que, a partir de agora, vocês sejam uma só carne como sinal do amor que os une.
Silvio, eis aí a nossa amada filha Dayana, agora sua esposa. Ame-a e ela será como a videira fecunda no interior do seu lar.
Recebam, pois, todo carinho e amor de nossa família.
Meus filhos! Algumas palavras-chave devem fazer parte do dicionário de vocês de agora em diante, que certamente contribuirão como alicerce desta união.
Amor - esta palavra implica em doação, entrega, renúncia, perdão, principalmente no matrimônio. À medida que se ama, se perdoa sem que isto, torne-se um sacrifício insuperável. O amor não aprisiona, segundo Khalil Gibran,"O amor não possui nem pretende ser possuído. Pois o amor basta-se de amor".
Liberdade – viver a liberdade no matrimônio sugere encontrar o equilíbrio, o respeito mútuo. Mas, toda liberdade pressupõe limites e estes são impostos pela responsabilidade de cada um.
Lealdade - as alianças trocadas por vocês significam um elo firmado pelos dois, na presença de Deus e da comunidade. Implica em confiança recíproca para cumprir as promessas do matrimônio, confere uma solidez duradoura para um projeto de vida comum.
Fecundidade – o matrimônio chama os consortes a participar no Amor do Criador como pais de uma nova família, tendo portanto, um duplo desígnio: o bem dos cônjuges e a transmissão do dom da vida.
Indissolubilidade – Para sempre. Foi o que vocês acabaram de prometer um ao outro. Matrimônio não é feito apenas de um contrato jurídico, mas de um pacto de aliança abençoado por Deus e feito com liberdade.
Queridos filhos, nossos votos de repletas Felicidades! Muito amor e carinho.
Recebam nossas bênçãos e sejam felizes no amor que os uniu.
FLORIANO, 16/11/2007
Umbelina Marçal Gadêlha

Caros internautas

Caros internautas
"A literatura, como toda a arte, é uma confissão de que a vida não basta" Fernando Pessoa

Importante

Importante
Caso alguém seja autor de algum texto ou imagem contida neste blog, e não tenha sido creditada a sua autoria por meu desconhecimento, agradeço que me contatem imediatamente a fim de serem dados os devidos créditos.

Extrato de amora

De todas as postagens feitas aqui, o extrato de amora é a que é mais vista e mais comentada. Realmente há muitos depoimentos favoráveis ao extrato de amora, portanto, sinta-se a vontade para conhecer um pouco sobre os seus benefícios.
Quantos agoras perdemos esquecendo que o risco pode ser a salvação de muitas alegrias de nossas vidas... O medo que nos impede de sermos ousados agora, também está nos impedindo de vermos a linda pessoa que podemos ser. (Clarice Lispector)